Pub

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Como utilizar as redes sociais… segundo a Toshiba

Age correctamente quando utiliza redes sociais?

Os ataques de phishing encontraram um novo alvo favorito – as redes sociais. Os ataques de SPAM e phishing nas redes sociais têm vindo a aumentar. Existem inúmeras aplicações fictícias/malignas que tentam roubar a identidade e infectar os PCs. De que maneira? Solicitando ao utilizador uma transferência maliciosa, redireccionando-o para um Web site falso ou pedindo-lhe para participar num inquérito com o intuito de roubar os respectivos dados.

redes_sociais_00

No início, as redes sociais serviam para que as pessoas se conhecessem e comunicassem entre si. Actualmente, resumem-se à “percepção” que os outros têm de si; por conseguinte, deve ter cuidado no modo como utiliza as redes sociais, pois estas podem denegrir a sua reputação e até mesmo destruir relações!


O que deve fazer:

  • Seja selectivo quando adicionar “amigos” (conhece-os realmente e confia neles?), quando aderir a grupos/coisas de que gosta (de que maneira isto se coaduna com o seu perfil?) e quando utilizar uma aplicação (a maioria acede aos seus dados pessoais e lista de amigos e fará uso dos mesmos). As aplicações podem ser tão prejudiciais como o software malicioso nos PCs.
  • Consulte as definições de privacidade e reveja-as regularmente. Esteja consciente de que pode atribuir os direitos seleccionados a outros indivíduos/grupos de indivíduos (por exemplo, para fotografias, actualizações de estado, etc.). Configure as suas definições padrão de modo a restringir o acesso ŕ maioria dos indivíduos/grupos e conceda-o apenas a um grupo maior, se necessário.
  • Pare e pense antes de clicar. O facto de clicar impulsivamente num vídeo interessante ou hiperligação, sem pensar nas possíveis consequências, poderá trazer-lhe problemas. As burlas mais recentes nem sequer precisam da instalação de aplicações ou da republicação para infectar o PC com malware. Nunca clique em hiperligações só porque conhece o remetente e confirme sempre os URLs antes de clicar nos mesmos: por exemplo, tem um aspecto estranho ou inclui instruções para enviar SPAM para a sua lista de amigos com algo como “userwantedtoinvitefriends-automated” (“utilizador_quis_convidar_amigos-automático”).
  • Escolha palavras-passe inteligentes, fortes e difíceis de adivinhar e altere-as regularmente. Utilize, pelo menos, 8 caracteres com uma mistura de letras maiúsculas e minúsculas, números e símbolos. Em alternativa, utilize uma abreviatura de uma frase como, por exemplo, “Adoro tomar 1 café de manhã!” para “At1cdm!”. Ah, é verdade: nunca partilhe a sua palavra-passe com amigos, nem mesmo com os mais chegados!
  • Certifique-se de que visita as redes sociais apenas a partir de dispositivos ou computadores com protecção total e nunca deixe o seu PC sem vigilância enquanto estiver com sessão iniciada numa rede. As crianças têm o hábito de publicar coisas estranhas nas páginas das redes sociais dos pais! . Para além disso, active o SSL/HTTPS no Facebook para uma utilização encriptada (definições da conta/segurança da conta).
O que não deve fazer:
  • Não publique informações de identificação como a morada, o número de telefone, o aniversário (se for o caso, não indique o ano), a sua localização, etc. Todos conseguem ver a sua imagem de perfil, por isso, certifique-se de que a mesma é profissional ou neutra.
  • Não utilize uma linguagem inadequada, não publique informações incorrectas ou não confirmadas, não publique mensagens negativas ou comentários desagradáveis (em especial sobre a empresa onde trabalha, a sua escola, etc.) e não publique informações sob a influência de bebidas alcoólicas (poderá acordar com algo mais do que apenas uma ressaca!). Simplesmente não publique coisas que não diria na vida real!
  • Não dê permissões adicionais a nenhuma aplicação no Facebook antes de verificar a mesma – especialmente aquelas que oferecem algo gratuitamente ou permitem ganhar alguma coisa. Muitas delas enviam spam automaticamente para o mural dos seus amigos – o que não o tornará popular – e pior, podem recolher os seus dados pessoais para que possam ser vendidos a indivíduos com má reputação. Não se esqueça de que se algo parece demasiado bom para ser verdade, é porque provavelmente o é.
  • Não faça da sua presença online o centro das atenções e não sobrecarregue os amigos com actualizações. Não carregue imagens pessoais ou inadequadas, mesmo que as suas definições de privacidade sejam restritas. Lembre-se de que tudo o que colocar online será para sempre!
  • Não misture publicações do mural com mensagens pessoais. As informações confidenciais ou as conversas pormenorizadas não devem ser partilhadas no mural, mas apenas através de mensagens pessoais ou do chat. Além disso, certifique-se de que não “responde a todos”, se tal não for absolutamente necessário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário