Pub

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

História dos Óscares: Melhor Realizador

Das quatro estatuetas de John Ford às duas de Steven Spielberg, conheça aqui todos os cineastas que ganharam um dos troféus mais ambicionados do cinema: o Óscar de Melhor Realizador.


Embora todos os anos e durante décadas tenha havido uma coincidência quase absoluta entre os cinco nomeados para Melhor Realizador e Melhor Filme (há três anos os nomeados nesta última categoria passaram a ser até 10, embora com todos os cineastas a serem nomeados por fitas designadas ao prémio principal), essa correlação não é direta e, apesar de ser considerada natural, é sempre surpreendente. Isto porque não é o mesmo grupo de pessoas que vota para as nomeações em ambas as categorias: enquanto só os realizadores votam nos cinco nomeados para Melhor Realização, todos os membros da Academia votam nos nomeados para Melhor Filme.

Não deixa de ser algo invulgar a equivalência anual entre os nomeados em ambas as categorias (antes, no máximo, só um dos cinco não coincidia, e atualmente, com até 10 nomeados a Melhor Filme, parece quase impossível que os designados a Melhor Realizador não se encontrem lá todos).

É, aliás, revelador, que, ao longo da história, só três filmes cujo realizador não foi nomeado («Asas», «Grande Hotel» e «Miss Daisy») tenham levado para casa o troféu de Melhor Filme. E dos 84 filmes já premiados com esse galardão, 61 também conquistaram o Óscar de Melhor Realizador.

Apesar de ser muito citado o facto de Alfred Hitchcock, um dos melhores cineastas da história do cinema, nunca ter ganho o troféu (ganharia o prémio de carreira Irving G. Thalberg), muitos dos maiores nomes da Sétima Arte norte-americana já foram premiados nesta categoria, alguns mesmo mais que uma vez.

John Ford é o campeão de vitórias, com quatro estatuetas («O Denunciante», «As Vinhas da Ira», «O Vale era Verde» e «O Homem Tranquilo»), seguido de perto por William Wyler e Frank Capra, com três vitórias cada. Wyler foi mesmo o realizador mais designado, com 12 nomeações.

Com duas estatuetas douradas de Melhor Realizador foram premiados nada menos que 15 cineastas: Billy Wilder, David Lean, Fred Zinnemann, Steven Spielberg, Elia Kazan, Clint Eastwood, George Stevens, Frank Lloyd, Joseph L. Mankiewicz, Milos Forman, Leo McCarey, Lewis Milestone, Oliver Stone, Robert Wise e Frank Borzage.

Embora não seja vulgar, já tem acontecido dois realizadores serem nomeados pelo mesmo filme, sendo que só duas vezes isso se traduziu em vitória: Robert Wise e Jerome Robbins triunfaram em «Amor Sem Barreiras» e os irmãos Joel e Ethan Coen também em «Este País Não é Para Velhos».

Mulheres a ganhar nesta categoria houve apenas uma: Kathryn Bigelow por «Estado de Guerra», em 2010. Antes dela apenas três foram nomeadas em toda a história da Academia: Lina Wertmüller por «Pasqualino das Sete Beldades», Jane Campion por «O Piano» e Sofia Coppola por «Lost in Translation – O Amor é Um Lugar Estranho».

Na primeira cerimónia, houve duas categorias em termos de realização, uma para filmes dramáticos (o vencedor foi Frank Borzage por «A Hora Suprema») e outra para comédia (o eleito foi Lewis Milestone por «Two Arabian Knights»). No ano seguinte, a categoria foi reduzida a um galardão, atribuído ao Melhor Realizador do ano.

Lista completa de vencedores do Óscar de Melhor Realizador:

2011 - Michel Hazanavicius – O Artista (The Artist)
2010 - Tom Hooper – O Discurso do Rei (The King's Speech)
2009 - Kathryn Bigelow – Estado de Guerra (The Hurt Locker)
2008 - Danny Boyle – Quem Quer Ser Bilionário? (Slumdog Millionaire)
2007 - Joel e Ethan Coen – Este País não é para Velhos (No Country for Old Men)
2006 - Martin Scorsese - The Departed: Entre Inimigos (The Departed)
2005 - Ang Lee – O Segredo de Brokeback Mountain (Brokeback Mountain)
2004 - Clint Eastwood - Million Dollar Baby – Sonhos Vencidos – Million Dollar Baby
2003 - Peter Jackson – Senhor dos Anéis: O Regresso do Rei (The Lord Of The Rings: The Return of the King)
2002 - Roman Polanski – O Pianista (The Pianist)
2001 - Ron Howard – Uma Mente Brilhante (A Beautiful Mind)
2000 - Steven Soderbergh - Traffic – Ninguém Sai Ileso (Traffic)
1999 - Sam Mendes - Beleza Americana (American Beauty)
1998 - Steven Spielberg - O Resgate do Soldado Ryan (Saving Private Ryan)
1997 - James Cameron - Titanic
1996 - Anthony Minghella – O Paciente Inglês (The English Patient)
1995 - Mel Gibson - Braveheart – O Desafio do Guerreiro (Braveheart)
1994 - Robert Zemeckis - Forrest Gump
1993 - Steven Spielberg – A Lista de Schindler (Schindler's List)
1992 - Clint Eastwood – Imperdoável (Unforgiven)
1991 - Jonathan Demme – O Silêncio dos Inocentes (The Silence of the Lambs)
1990 - Kevin Costner – Danças com Lobos (Dances with Wolves)
1989 - Oliver Stone - Nascido a 4 de Julho (Born on the Fourth of July)
1988 - Barry Levinson - Rain Man – Encontro de Irmãos (Rain Man)
1987 - Bernardo Bertolucci – O Último Imperador (The Last Emperor)
1986 - Oliver Stone - Platoon – Os Bravos do Pelotão (Platoon)
1985 - Sydney Pollack – África Minha (Out of Africa)
1984 - Milos Forman - Amadeus
1983 - James L. Brooks – Laços de Ternura (Terms of Endearment)
1982 - Richard Attenborough - Gandhi
1981 - Warren Beatty - Reds
1980 - Robert Redford – Gente Vulgar (Ordinary People)
1979 - Robert Benton – Kramer Contra Kramer (Kramer Vs. Kramer)
1978 - Michael Cimino – O Caçador (The Deer Hunter)
1977 - Woody Allen - Annie Hall
1976 - John G. Avildsen - Rocky
1975 - Milos Forman – Voando Sobre Um Ninho de Cucos (One Flew Over The Cuckoo's Nest)
1974 - Francis Ford Coppola – O Padrinho – Parte II (The Godfather Part II)
1973 - George Roy Hill – A Golpada (The Sting)
1972 - Bob Fosse - Cabaret – Adeus Berlim (Cabaret)
1971 - William Friedkin – Os Incorruptíveis Contra a Droga (The French Connection)
1970 - Franklin J. Schaffner - Patton
1969 - John Schlesinger - O Cowboy da Meia Noite (Midnight Cowboy)
1968 - Carol Reed - Oliver!
1967 - Mike Nichols – A Primeira Noite (The Graduate)
1966 - Fred Zinnemann – Um Homem para a Eternidade (A Man For All Seasons)
1965 - Robert Wise – Música no Coração (The Sound of Music)
1964 - George Cukor - My Fair Lady (Minha Linda Lady)
1963 - Tony Richardson - Tom Jones, Romântico e Aventureiro (Tom Jones)
1962 - David Lean - Lawrence da Arábia (Lawrence of Arabia)
1961 - Robert Wise e Jerome Robbins – Amor sem Barreiras (West Side Story)
1960 - Billy Wilder – O Apartamento (The Apartment)
1959 - William Wyler - Ben-Hur
1958 - Vincente Minnelli - Gigi
1957 - David Lean – A Ponte do Rio Kwai (The Bridge on the River Kwai)
1956 - George Stevens – O Gigante (Giant)
1955 - Delbert Mann - Marty
1954 - Elia Kazan – Há Lodo no Cais (On the Waterfront)
1953 - Fred Zinnemann - Até à Eternidade (From Here To Eternity)
1952 - John Ford – O Homem Tranquilo (The Quiet Man)
1951 - George Stevens – Um Lugar ao Sol (A Place In The Sun)
1950 - Joseph L. Mankiewicz – Eva (All About Eve)
1949 - Joseph L. Mankiewicz – Carta a Três Mulheres (A Letter to Three Wives)
1948 - John Huston – O Tesouro de Sierra Madre (The Treasure of the Sierra Madre)
1947 - Elia Kazan – A Luz é para Todos (Gentleman's Agreement)
1946 - William Wyler – Os Melhores Anos das Nossas Vidas (The Best Years of our Lives)
1945 - Billy Wilder – Farrapo Humano (The Lost Weekend)
1944 - Leo McCarey – O Bom Pastor (Going My Way)
1943 - Michael Curtiz - Casablanca
1942 - William Wyler – A Família Miniver (Mrs. Miniver)
1941 - John Ford – O Vale era Verde (How Green Was My Valley)
1940 - John Ford – As Vinhas da Ira (The Grapes of Wrath)
1939 - Victor Fleming – E Tudo o Vento Levou (Gone With the Wind)
1938 - Frank Capra – Não o Levarás Contigo (You Can't Take It With You)
1937 - Leo McCarey – Com a Verdade me Enganas (The Awful Truth)
1936 - Frank Capra – Doido com Juízo (Mr. Deeds Goes To Town)
1935 - John Ford - O Denunciante (The Informer)
1934 - Frank Capra – Uma Noite Aconteceu (It Happened One Night)
1932/1933 - Frank Lloyd – Cavalgada (Cavalcade)
1931/1932 - Frank Borzage – Uma Jóia de Rapariga (Bad Girl)
1930/1931 - Norman Taurog – Proezas de Skippy (Skippy)
1929/1930 - Lewis Milestone – A Oeste Nada de Novo (All Quiet on the Western Front)
1928/1929 - Frank Lloyd – Trafalgar (The Divine Lady)
1927/1928 - Frank Borzage - Two Arabian Knights e A Hora Suprema (7th Heaven)

Fonte: Sapo Cinema

Nenhum comentário:

Postar um comentário