Pub

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Hoje na História

A descoberta de Plutão

18 de fevereiro de 1930


A 18 de fevereiro de 1930, o astrónomo norte-americano Clyde William Tombaugh descobriu o planeta mais pequeno do Sistema Solar a partir do Observatório Lowell, em Flagstaff, Arizona.
Tomando os cálculos de Lowelh como guia, Tombaugh descobriu o pequeno planeta. Com uma temperatura na superfície de cerca de -200 graus Celsius, foi-lhe dado o nome do deus romano do mundo inferior. A uns 6,5 milhões de quilómetros do Sol, Plutão demora uns 248 anos a completar uma órbita.
É o planeta com órbita mais elíptica, e no ponto mais próximo do Sol cruza-se com a de Neptuno, o oitavo planeta do sistema.
O facto de pertencer ao grupo de planetas que constituía o Sistema Solar sempre foi objeto de controvérsia entre os astrónomos e, em 2006, Plutão foi incluído numa nova classe de corpos celestes, na categoria de "corpo menor do Sistema Solar ou planeta menor".
Existem quatro luas conhecidas de Plutão. O maior satélite de Plutão é Caronte, seguido de Hidra, Niz e P4. A órbita do planeta-anão é muito excêntrica e durante 20 dos 249 anos que demora a percorrê-la, encontra-se mais perto do Sol do que de Neptuno.

“As aventuras de Huckleberry Finn”
18 de fevereiro de 1885


No dia 18 de fevereiro de 1885, é publicada a versão americana de "As Aventuras de Huckleberry Finn", a obra literária de Mark Twain.
Esta história, daquele que é considerado o "Dickens norte-americano", representa um dos primeiros romances norte-americanos.
A primeira versão foi publicada em Inglaterra em 1884. O argumento tem como cenário o rio Mississípi, que Huck e Jim, um escravo fugido, que tenta escapar do passado e começar uma vida nova em Ohio. O racismo, a superstição dos escravos e a amizade são os temas centrais do romance.

Nenhum comentário:

Postar um comentário