Pub

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Hoje na História

Nasce Copérnico
19 de Fevereiro 1473


Nasce o pai da astronomia moderna Nicolau Copérnico em Thorn, Polónia. Copérnico foi o primeiro astrónomo a sugerir que a Terra e os restantes planetas orbitavam em torno do Sol. Estudou leis e Medicina e foi médico durante 6 anos.
Anteriormente às suas teorias, os astrónomos europeus defendiam a Terra como o centro do Universo, a visão clássica da maioria dos filósofos e escritores bíblicos. No entanto, Copérnico também defendeu que a Terra girava diariamente sobre o seu eixo e que as mudanças graduais deste eixo provocavam as estações.
Morreu a 24 de Maio de 1543, ano em que foi publicada a sua obra "Sobre as revoluções das esferas celestes", o que lhe evitou a ira de alguns líderes religiosos que consideraram o seu conhecimento como uma heresia. Em 1616, a Igreja Católica condenou a obra de Copérnico como "livro proibido".


Leilão de uma Bíblia de Gutenberg
19 de fevereiro de 1926


No dia 19 de fevereiro de 1926, foi leiloado um exemplar da Bíblia de Gutenberg, em Nova Iorque, por 106 mil dólares. A "Biblia Sacra Mazarinea" foi impressa por Johannes Gutenberg em 1453, na cidade alemã de Mogúncia.
A primeira edição é considerada uma obra-prima pela decoração cuidada e pelo formato de 42 linhas por coluna. Trata-se de uma peça histórica extremamente valiosa e que, hoje em dia, tem um valor incalculável.
A invenção da imprensa com tipos móveis constituiu um problema para o seu criador já que este não dispunha dos meios económicos necessários para a promover. Teve de recorrer a sócios financeiros que pensavam mais no benefício comercial da invenção do que no seu aperfeiçoamento.


A URSS lança a MIR
19 de fevereiro de 1986


A 19 de fevereiro de 1986, a URSS lança a estação espacial de investigação MIR. Foi originalmente soviética até passar para domínio russo, após o desmembramento da URSS.
Através de inúmeras colaborações, ficou acessível a cosmonautas e astronautas internacionais. A MIR está localizada a uma distância entre 300 e 400 quilómetros da superfície terrestre, orbitando a Terra em duas horas aproximadamente.
Muitos investidores privados tentaram comprá-la com o objetivo de a utilizar como o primeiro estúdio de cinema ou televisão em órbita, mas considerou-se que a estação era demasiado instável para ser utilizada durante mais tempo.
Em sequência de um incêndio ocorrido em fevereiro de 1997, a estação tornou-se obsoleta e, após uma sequência de avarias, a MIR acabou por se desintegrar a sul do Oceano Pacífico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário