Pub

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Previsões para os Óscares 2012 - 4ª Parte



Os Óscares 2013 vão ser entregues este Domingo (24 de Fevereiro de 2013) em Los Angeles, numa grandiosa cerimónia que vai ser apresenta por Seth MacFarlane, o inventivo criador das séries "American Dad" e "Family Guy".


O Prof-Folio vai tentar prever as escolhas da Academia!

Esta quarta e última parte versa sobre a categorias mais mediáticas destes prémios. Vamos agora dissecar essas categorias e tentar prever os vencedores, sendo que este ano é extremamente difícil de adivinhar quem é que a Academia vai premiar com o Óscar de Melhor Filme e Melhor Realizador, os dois grandes prémios da cerimónia.

Melhor Filme
Vencedor Provável – Argo

Há três claros favoritos – “Argo”, “Lincoln” e “Amour”. Tirando “Les Misérables", o Óscar de Melhor Filme pode ir para às “mãos” de qualquer um dos outros nomeados, mas o ímpeto promocional está todo do lado de “Argo” e “Amour”, com “Lincoln” a aparecer também entre os fortes candidatos graças às suas múltiplas nomeações e ao poder que Steven Spielberg tem em Hollywood. Eu aposto que a Academia vai fazer uma de duas coisas. O mais provável é que atribua o Óscar de Melhor Filme a “Argo”, para assim premiar um bom thriller e compensar ainda o fato de se ter “esquecido” de nomear Ben Affleck ao Óscar de Melhor Realizador. A Academia pode também atribuir o Óscar a “Amour”, premiando assim aquele que foi para mim o Melhor Filme de 2012. O único problema é que não estou a ver a Academia a premiar um filme europeu pelo terceiro ano consecutivo, já que “The King’s Speech” (Reino Unido) e “The Artist” (França) têm ambos influências económicas e artísticas do velho continente. Entre “Amour” e “Argo” não há grandes diferenças de qualidade, por isso qualquer um será um justo vencedor.

Melhor Realizador
Vencedor Provável – Steven Spielberg

Sem Ben Affleck entre os nomeados, Michael Haneke e Steven Spielberg vão disputar entre si o Óscar de Melhor Realizador. A lógica especulativa diz-nos que Steven Spielberg é o potencial favorito, porque a sua direção em “Lincoln” é soberba e este seu razoável drama histórico é o filme com mais nomeações desta edição, mas quero acreditar que a Academia vai optar por premiar Michael Haneke e a sua brilhante carreira. Eu gosto destes dois candidatos, mas estou a torcer por Haneke, porque ele criou um filme maravilhoso e nunca recebeu nenhum Óscar.

Melhor Ator Principal
Vencedor Provável - Daniel Day-Lewis em "Lincoln"

As surpresas podem sempre acontecer, mas penso que só uma verdadeira calamidade pode impedir Daniel Day-Lewis de conquistar o seu terceiro Óscar de Melhor Ator Principal. A sua performance em “Lincoln” como Abraham Lincon é soberba, sendo mesmo um dos pontos altos do filme de Steven Spielberg. Joaquin Phoenix ("The Master"), Bradley Cooper ("Silver Linings Playbook") e Denzel Washington ("Flight") também seriam justos vencedores, mas este é outra vez o ano de Daniel Day-Lewis

Melhor Atriz Principal
Vencedor Provável – Jennifer Lawrence em “Silver Linings Playbook” 

Esta é difícil. Jessica Chastain, Jennifer Lawrence e Emmanuelle Riva são as candidatas e todas elas têm hipóteses idênticas de vencer este prémio. Chastain e Lawrence também tiveram performances quase perfeitas nos seus respetivos filmes. Lawrence deverá, no entanto, obter uma vitória embalada pelos Globos de Ouro e os SAG Awards.

Melhor Ator Secundário
Vencedor Provável – Tommy Lee Jones em "Lincoln"

É verdade que Christoph Waltz ("Django Unchained") venceu o Globo de Ouro e o BAFTA de Melhor Ator Secundário, mas deverá ser Tommy Lee Jones (“Lincoln”) a levar o Óscar para casa. Philip Seymour Hoffman também teve um brilhante trabalho em "The Master", mas Tommy Lee Jones conferiu a “Lincoln” uma dureza cómica sem semelhante, tendo assim ajudado a tornar este filme um pouco mais cativante. Este veterano ator também venceu o Prémio SAG de Melhor Ator Secundário.

Melhor Atriz Secundária
Vencedor Provável – Anne Hataway em “Les Misérables”

Sem a presença de Nicole Kidman (“The Paperboy") entre as nomeadas, esta categoria perdeu algum do seu interesse para mim, mas não tenho qualquer problema em considerar justa a nomeação das cinco candidatas. Anne Hathaway (“Les Misérables”) e Sally Field (“Lincoln”) são as grandes favoritas, mas é Hathaway que detém para já a liderança na bolsa de apostas. Eu preferia que a Academia desse o Óscar a Sally Field, mas Hathaway também será uma justa vencedora.





Nenhum comentário:

Postar um comentário