Pub

terça-feira, 28 de maio de 2013

Mia Couto - Prémio Camões


Venceu o Prémio Camões!

É uma excelente notícia para quem, como eu, desde há muito que lê o que ele vai publicando!

Um pequeno poema seu em jeito de homenagem:

Horário do Fim

morre-se nada
quando chega a vez

é só um solavanco
na estrada por onde já não vamos

morre-se tudo
quando não é o justo momento

e não é nunca
esse momento.

In Raiz de Orvalho e Outros Poemas

Nenhum comentário:

Postar um comentário