Pub

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Neste dia... na História!...

O Papa João Paulo II é alvejado
13 de maio 1981


Disparam contra o Papa João Paulo II em Roma. Antes da tentativa de assassinato, o Papa era conhecido pelos seus desejos de viajar, sem medo de aparecer entre as multidões.
Enquanto mantinha a aparição semanal habitual na Praça de São Pedro do Vaticano, Mehmet Ali Agca, membro de um grupo turco de extrema-direita, disparou contra o Papa em duas ocasiões. Algumas teorias sugerem um complô soviético, uma vez que o Papa era um reconhecido anti-comunista, defensor do sindicato Solidarnosc na sua Polónia natal.
Agca confessou actuar em nome dos serviços de inteligência da Bulgária, que agia como apoio do KGB, mas posteriormente alterou a sua declaração. Vários cidadãos búlgaros e três turcos foram detidos mas depois libertados, por falta de provas.
Segundo informações dos serviços secretos turcos, Agca teria recebido dois milhões de dólares da máfia turca para assassinar o Papa. Depois de várias operações, o Pontífice permaneceu no hospital durante três semanas e Agca foi condenado a prisão perpétua.
João Paulo II visitou-o na prisão e ofereceu-lhe o seu perdão. Agca foi indultado pelo governo italiano no ano de 2000 e deportado para a Turquia, onde cumpre uma pena de 10 anos pelo assassinato do director de um jornal liberal em 1979.


Primeira corrida de Fórmula 1
13 de maio de 1950


No dia 13 de maio de 1950 disputou-se a primeira corrida de Fórmula 1 no circuito de Silverstone, na Grã-Bretanha.
O circuito foi construído sobre dois aeródromos desativados desde a Segunda Guerra Mundial: Northamptonshire e Buckinghamshire. As três pistas de aterragem foram aproveitadas para formar o atual circuito.
O vencedor da corrida foi o italiano Giuseppe Farina que bateu o colega de equipa, o argentino Juan Manuel Fangio.


Morre Gary Cooper
13 de maio de 1961


A 13 de maio de 1961, aos 60 anos, Frank James Cooper morreu em Los Angeles vítima de um cancro. O ator norte-americano estreou-se a 1925 com "The Thundering Herd", embora também tenha rodado curtas-metragens e interpretado vários papéis como ator secundário de westerns. Foi já quando trabalhava para a Paramount que adotou o nome que o tornaria famoso: Gary Cooper.
Em 1923 assinou um contrato com a Metro-Goldwyn Mayer e gravou "A Flor do Deserto", consolidando-se como um dos atores mais famosos de Hollywood. O sucesso de "Lanceiros da Índia" levou a consagrar-se como um dos atores mais bem-sucedidos e, em 1944, fundou a sua própria produtora, International Pictures Inc., com a qual protagonizou "Aí Vem Ele".
Embora tivesse tido vários romances, só a atriz Veronica Balfe conseguiu levá-lo ao altar. Rostos tão conhecidos como o de Rita Hayworth ou Ingrid Bergman contracenaram com Cooper, cuja popularidade se baseava na sua naturalidade na interpretação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário