Pub

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Neste dia... na História!...

O desastre do Hindenburg
6 de maio 1937


O dirigível Hindenburg, o maior da história e o orgulho da Alemanha nazi, explode em chamas minutos antes de aterrar em Lakehurst, Nova Jersey, acabando com a vida de 36 passageiros e da tripulação.
O dirigível cheio de hidrogénio, com cerca de 250 metros da popa à proa, fazia a sua primeira viagem transoceânica de luxo, mais rápido que qualquer barco. O locutor de rádio Herb Morrison, à espera de uma aterragem rotineira, imortalizou o acidente pelas ondas em directo, no relato "Oh, a Humanidade!", enquanto o dirigível caía a pique cerca de 50 metros.
A viagem de dirigível caiu radicalmente após o desastre. Várias teorias sobre o acidente foram elaboradas depois dos acontecimentos: sabotagem, fraude da companhia de seguros, simples acidente devido a um choque no aeroporto, um raio devido à trovoada da altura... Mas até hoje não foi possível descobrir a verdadeira causa da explosão.


O Reino Unido procede à primeira emissão de selos
6 de maio de 1840


A 6 de maio de 1840 foi feita a primeira emissão de selos de correio do mundo. O primeiro selo postal foi produzido a 1 de maio, mas só foi validado cinco dias depois. Até então, os envios eram pagos pelo destinatário e o preço dependia da quilometragem, pois não era tido em conta o peso.
Foi Rowland Hill quem propôs que o envio fosse pago pelo remetente em função do peso. Foi designado um comité da Câmara dos Comuns para estudar os tipos e sistemas de franquia, foi aceite a proposta e, no ano de 1839, foi ditada uma providência autorizando ao Tesouro fixar os tipos de franquia.
Desta forma foi criado o primeiro selo postal do mundo: "Penny Black". Nele reflete-se a imagem da Rainha Vitória que escolheu o perfil da medalha cunhada por ocasião da coroação em 1837.

Nenhum comentário:

Postar um comentário