Pub

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Neste dia... na História!...

V-E Day
8 de maio 1945


Após cinco anos, oito meses e cinco dias de maciça devastação, no dia 8 de Maio de 1945 celebra-se finalmente o fim da fase europeia do conflito mundial.
A vitória na Europa foi comemorada com festejos por todo o mundo em reconhecimento à rendição incondicional da Alemanha assinada em Reims, França, no dia 7 de Maio. O Primeiro-ministro Winston Churchill comunicou aos exaustos londrinos: "Esta é a vossa vitória", e o Presidente norte-americano Harry Truman lembrou aos seus compatriotas que até à rendição do Japão a vitória só estava meio ganha.
No dia 14 de Agosto, o Japão concordou em render-se aos aliados, depois de oito dias transcendentais em que viram duas bombas atómicas norte-americanas lançadas sobre o país e a declaração de guerra da União Soviética. No dia 2 de Setembro terminou oficialmente a Segunda Guerra Mundial, com a assinatura da rendição japonesa no navio de guerra Missouri, na Baía de Tóquio.


Nasce a Paramount Pictures
8 de maio de 1910


No dia 8 de maio de 1910 foi fundada a Paramount Pictures Corporation com sede em Hollywood, na Califórnia. Durante esta década, nasceram outros estúdios importantes, como Universal Pictures, Warner Bros, Metro-Goldwyn-Mayer ou The Walt Disney Company, entre outros.
Os anos 30 assistiram ao apogeu do cinema norte-americano, e Paramount apostou em superproduções históricas como "Cleópatra", "Buffalo Bill" ou "O Sinal da Cruz".
Na década de 60 começou a produção de séries tão famosas como "O Caminho das Estrelas", "The Brady Bunch" ou "Missão Impossível".
O grupo Paramount, além da lendária produtora de filmes, é dono de MTV Films, Nickelodeon Movies e de outras distribuidoras de cinema, tais como Paramount Vantage e Paramount Classics.


É lançado “Let It Be”
8 de maio de 1970


A 8 de maio de 1970 foi lançado no mercado "Let It Be", o último LP dos Beatles. Foi considerado um dos melhores discos de todos os tempos.
A controvérsia do álbum foi evidente desde o início, uma vez que o ambiente entre os Beatles era, na altura, muito tenso e as discussões eram constantes. O quarteto deixou de tocar em 1966, mas três anos depois começou as sessões de gravação do disco, filmadas por Michael Lindsay-Hogg, nos estúdios de Twickenham e Apple.
O individualismo dos membros, especialmente de Paul McCartney e de John Lennon, provocou o afastamento entre eles. Ringo Starr e George Harrison gravaram alguns álbuns juntos depois da separação, mas os quatro elementos do grupo nunca mais tocaram juntos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário