Pub

terça-feira, 25 de junho de 2013

Coimbra

Lembram-se quando o "Fado" foi classificado Património Cultural da Humanidade? Lembram-se? Eu lembro-me. Lembram-se da explosão de notícias e programas logo que se soube? Eu lembro-me. Será que me vou lembrar do mesmo respeitante a Coimbra? Não creio atendendo às amostras das notícias televisivas. Enfim, Coimbra não é de facto Lisboa. É pena, porque faz parte de Portugal, como o fado, mas há um triste fado que atinge os que estão longe dela, Lisboa, claro, uma bela cidade que adoro, mas prefiro de longe a minha, Coimbra, com o seu fado, um fado que acalma o coração e que me faz sonhar coisas que "os" de Lisboa não conseguem e nunca hão de conseguir. É pena que tal aconteça num país pequeno que se julga "grande". É pena que não desfrute a alegria do acontecimento. É pena, porque faz mal, muito mal.
Sejam todos bem-vindos a Coimbra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário