Pub

terça-feira, 25 de junho de 2013

Soares, mais uma dose de impostura!...

Não posso concordar mais com o comentário do Joaquim Carlos no Palavrossaurus:


O País está cansado do dr. Soares: ele representa todos os vícios do Regime e toda a malícia desse Regime assente na parasitagem ao mais alto nível, sul-americanização chavista do Regime, distorção zimbebueana dele. Nunca trabalhou. Sempre dormitou. Nunca empreendeu. Sempre influenciou e determinou e caucionou na sombra a estabilidade da grande Corrupção de Estado em Portugal, pela mão da impostura e desastre em forma de Partido, o PS. Se há um protesto a fazer é contra muita da riqueza inexplicada do dr. Soares e dos seus filhos, netos e bisnetos políticos. Os americanos fazem notas, diz sua Vampireza Interesseira. Triste País que tem de ouvir inanidades e flácidos argumentos como os dele. Ainda.

Relativamente a este texto, não resisto à tentação de publicar um comentário anónimo:

O velho palhaço, do circo que ajudou a deitar abaixo, insiste na ribalta pobre, à luz de vela, do último reduto da falência. O palhaço agora velho que sempre teve um projecto pessoal e de poder não consegue deixar de tentar o protagonismo como se estivesse numa fila de casting com canastrões como Sócrates, Guterres ou ele próprio. Fellini não filmaria melhor a tragédia portuguesa e o espectáculo decadente destas pessoas que depois de terem sugado a carne ainda fazem questão de levantar o ossos, quais necromantes necrófagos do país que jaz podre, falido e sempre à procura de um novo demagogo que lhe prometa um beijo de pureza mas esteja vestido de sodomita por baixo da aparência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário