Pub

sábado, 7 de setembro de 2013

A decisão é da família e não do estado

Assertivo, o Luís Moreira do BandaLarga:

A liberdade causa sempre polémica. Escolher entres as escolas públicas e as escolas privadas é uma decisão das famílias e não do estado. Questionado sobre se as famílias podem optar por uma escola privada, mesmo tendo vaga numa pública na mesma localidade, Nuno Crato disse: "O princípio da concorrência e o princípio da escolha é exactamente esse". 
Não é compreensível que se esteja contra este direito a não ser por razões ideológicas que nada têm a ver com o interesse dos alunos. Os sindicatos perdem força, o estado perde o peso esmagador que tudo abafa, mas as famílias são mais livres e os alunos ganham em oportunidades. Os maus professores estão contra mas os bons estarão a favor. Avaliação e mérito contra o igualitarismo e a mediocridade. 
Pais vão poder escolher ! Quem poderá estar contra? A que título é que os sindicalistas comunistas e as meninas burocratas do ME empurram os alunos pobres para más escolas? Ninguém pergunta se uma escola é pública ou privada. Pergunta se é boa. Tudo o resto, como lucros e impostos, não têm a ver com a questão fundamental.

Nenhum comentário:

Postar um comentário