Pub

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Hoje na História

Estabelece-se a União Europeia
7 de Fevereiro 1992


Após séculos de conflitos armados, as nações da Europa ocidental unem-se, com um espírito de cooperação económica, com a assinatura do Tratado de Maastricht.

O tratado, assinado pelos Ministros da Comunidade Europeia, aspira a uma integração económica, políticas de segurança comuns e cooperação entre polícia e outras autoridades contra o crime, o terrorismo e a imigração.

O acordo também deixava o campo livre para uma única moeda, que se chamaria "euro". O Tratado de Maastricht iniciou o seu caminho em 1993, ao ser ratificado por 12 países: Grã-Bretanha, França, Alemanha, República da Irlanda, Espanha, Portugal, Itália, Grécia, Dinamarca, Luxemburgo, Bélgica e Países Baixos.


Discurso de Lord Byron
7 de Fevereiro de 1812


No dia 7 de Fevereiro de 1812, Lord Byron fez o seu famoso discurso na presença da Câmara dos Lordes britânica. Foi insultado publicamente por defender activamente o Ludismo e os Católicos.

Lord Byron foi um poeta e escritor famoso, considerado como um dos mais versáteis e importantes do Romantismo. Ao longo da sua vida publicou mais de 30 obras e uma série de documentos onde demonstrava o seu enorme talento e também o seu espírito rebelde.

No entanto, também foi um provocador para a sua época. Falava publicamente das relações que mantinha tanto com homens como com mulheres e até confessava a aversão que sentia pela sociedade da época e pelas instituições sociais.


Gandhi inicia a Marcha do Sal
7 de fevereiro de 1930


A 7 de fevereiro de 1930, Mahatma Gandhi empreendeu a manifestação, que ficou conhecida como a Marcha do Sal, com a intenção de obter a independência da Índia, que pertencia ao Império Britânico naquela altura.

Nos anos anteriores, Gandhi tinha multiplicado as greves de fome e as manifestações não violentas para obter um estatuto de autonomia análogo ao concedido às colónias de população europeia, como o Canadá e a Austrália.

A marcha começou com um percurso entre Sabarmati e Dandi. Nela pedia-se a abolição do imposto sobre o sal que custava à população indiana 115 milhões de francos de ouro por ano. Depois de terem percorrido quase 400 quilómetros a pé, a 6 de abril de 1930, os manifestantes chegaram à costa do Oceano Índico, onde Gandhi começou a recolher sal do Oceano Índico em forma de protesto.

Este feito conseguiu não só uma onda de reações pacíficas da Índia contra os colonizadores, como também teve um grande impacto internacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário