Pub

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Novo partido que participe na solução...

É cada vez mais evidente que a criação do BE não constituiu uma mais valia para a governação do país. Já tínhamos o PCP que nunca encontrou soluções conjuntas com o PS para governar em coligação. Arranjou aquela desculpa conhecida por "abraço de urso". Quer dizer, juntar-se ao PS ser-lhe-ia fatal. O PCP não esquece que todos os partidos comunistas europeus que governaram, desapareceram. É claro, que o PCP e o BE só podem oferecer a lua fora da governação, os milagres só acontecem na oposição irresponsável e em Fátima.

O BE acabou por se converter numa cópia do PCP, menos genuíno e com menos representatividade. O país tem que preparar-se para que os partidos actuais saiam da sua zona de conforto, se baralhe e se dê de novo. Começar com a criação de um novo partido pode ser um bom arranque.


Fonte: Banda Larga

Nenhum comentário:

Postar um comentário