Pub

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Porque é importante simplificar a sua vida


Se uma das suas metas é ser mais feliz, inclua a “simplificação” nos seus planos. Dou-lhe aqui 11 motivos para o fazer:

  1. Porque as pessoas são mais felizes com experiências significativas do que com a aquisição de objectos – Quando tiver o impulso de gastar, pondere se não é melhor direccioná-lo para uma experiência que o fará feliz e que se lembrará ao longo dos anos (ex.: umas férias em família, em vez do último modelo de LCD ou de comprar mil e um artigos só porque estão em promoção, que depois acabam por nem lhe fazer falta).
  2. Porque pode viver uma vida menos stressante – O excesso de solicitações e de objectos na nossa vida, resultam frequentemente em stress. Se pretender levar uma vida mais calma, terá mesmo de rever as suas prioridades, dizer não quando necessário e livrar-se do supérfluo.
  3. Porque perderá menos tempo a limpar e a arrumar – Menos objectos significa menos trabalho. Apesar de depender da quantidade de objectos acumulados, a sua redução reduz, em média, 40% do trabalho doméstico.
  4. Porque deixará de sentir vergonha, por sentir que a sua casa está sempre desarrumada – Uma casa com menos objectos é mais fácil de arrumar, especialmente se todos tiverem um sítio certo. Assim, é mais fácil sair de casa, sem o stress de ter deixado para trás o caos. Pode também perder o receio de receber pessoas lá em casa, pois irão encontrar um espaço acolhedor e organizado.
  5. Porque é suposto a sua casa ser um “refúgio” e não uma fonte de stress – Para a nossa casa contribuir para a nossa felicidade deverá fazer com que nos sintamos confortáveis assim que entramos nela. Deverá permitir que abandonemos as preocupações que trazemos do exterior. Obviamente que se nela reinar o caos, ao invés de sentir vontade de estar lá dentro, sentirá vontade de fugir.
  6. Porque poderá ganhar mais tempo no seu dia-a-dia – Imagine só o tempo que deixa de perder em limpezas, em encontros sociais que só faz por obrigação, a gerir os excessos de e-mails, em redes sociais da Internet, em chamadas telefónicas desnecessárias… Ganhará tempo para o mais importante na sua vida, para aquilo que o faz mais feliz.
  7. Porque poupará dinheiro – Há medida que elimina os objectos supérfluos, tornar-se-á um comprador mais consciente. Irá pensar duas vezes antes de comprar o que quer que seja (mesmo que seja artigos de uma super-promoção, irá ponderar se lhe farão mesmo falta). Como consequência, poupará dinheiro, que poderá encaminhar para actividades mais úteis ou poderá ajudá-lo a livrar-se das suas dívidas.
  8. Porque terá mais disponibilidade para apoiar causas sociais – E essa disponibilidade pode ser em tempo (poderá por exemplo fazer voluntariado) ou em dinheiro (terá mais disponibilidade para fazer um donativo financeiro). E já sabemos que estes actos de bondade nos fazem mais felizes.
  9. Porque será mais amigo do ambiente – Ao adquirir menos coisas, está a contribuir de duas maneiras: reduz o consumo de recursos (por exemplo, ao nível dos materiais necessários para embalar os produtos) e diminui os seus resíduos. Pode parecer pouco, mas se todos simplificassem… o impacto que os humanos teriam no ambiente, seria bem menor.
  10. Porque será um exemplo para os seus filhos – As crianças aprendem mais com o exemplo, do que com palavras. Ao simplificar, está a mostrar-lhes o que deve ser prioritário na vida e a darem valor ao que têm. E já sabemos que a gratidão pelo que se tem, pode aumentar em cerca de 25% a nossa felicidade.
  11. Porque poderá recolher outros benefícios para a sua vida – A mudança para uma vida mais descomplicada, poderá ter consequências positivas inesperadas noutras áreas da sua vida. Poderá começar a sentir que agora tem um propósito de vida, poderá sentir-se mais feliz (porque ganhou tempo para despender com actividades que o fazem feliz), poderá ser mais activo na sua comunidade (porque tem mais tempo para ajudar), poderá ver-se livre das dívidas, etc.

Nenhum comentário:

Postar um comentário